Mata Atlântica: exemplo de ecossistema brasileiro

Introdução

Ecossistema é uma comunidade de organismos que interagem entre si e com o meio ambiente ao qual pertencem. Podemos citar como exemplo de meio ambiente: lago, floresta, savana, tundra, etc.

Entendento o ecossistema

Também fazem parte de um sistema todos os componentes abióticos (sem vida), como, por exemplo, minerais, íons, compostos orgânicos e clima (temperatura, precipitações e outros fatores físicos).

Os componentes bióticos (seres vivos), são representados em vários níveis, eles estão classificados da seguinte forma:

Produtores – ex.: autótrofos – são seres vivos capazes de produzir seu próprio alimento através de substâncias inorgânicas, como, por exemplo, as plantas que realizam a fotossíntese através da luz solar.

Consumidores – ex.: heterótrofos – são seres que se alimentam de outros seres, pois, ao contrário dos autótrofos, não são capazes de produzir seu próprio alimento. Dentro desta classificação, incluem-se todos os animais, a maioria dos fungos e algumas plantas.

Decompositores – ex.: saprófitos – organismos que se alimentam de outros organismos em estágio de decomposição. Dentre eles estão os fungos e as bactérias.

É importante sabermos que dentro desta classificação, um organismo depende o outro, pois, após passar por seu “último ciclo”, os compostos orgânicos são utilizados dentro do ecossistema como nutriente para os produtores, iniciando-se assim, um novo ciclo.

http://www.todabiologia.com/ecologia/ecossistema.htm

Ecossistemas Aquáticos
O que é ecossistema aquático, tipos principais, ecossistema marinho, características principais

Ecossistemas aquáticos: diversidade de vida

Introdução

Se entende por ecossistema aquático todos aqueles que apresenta por biótopo algum corpo de água como, por exemplo, mares, rios, oceanos, lagos, pântanos, etc.

Os tipos de ecossistemas aquáticos mais conhecidos são: ecossistema de água doce e ecossistema marinho.

Ecossistema Marinho

Incluem os oceanos e mares, principalmente. Vale lembrar que a vida surgiu e evoluiu neste ecossistema. O meio marinho é muito estável, se comparado com habitats terrestres e de água doce. A salidade fica em torno de 3,5% e as temperaturas das correntes marinhas variam pouco. A luz solar penetra até 200 metros de profundidade. Estas características favorecem o desenvolvimento e manutenção da vida neste ecossistema.

Ecossistema de água doce

A quantidade, as variações e regularidade das águas dos rios são de suma importância para as plantas, animais e pessoas que vivem ao longo de seu curso. A fauna dos rios é composta por anfíbios, peixes e uma grande variedade de animais invertebrados aquáticos.

Rios e suas planícies de inundação (margens) sustentam ecossistemas diversos e valiosos, não só pela qualidade da água doce para suporte de vida, mas também para as muitos insetos e plantas que mantém e que formam a base da cadeia alimentar .

http://www.todabiologia.com/ecologia/ecossistemas_aquaticos.htm

Anúncios