Indriel

Arcanjo Uriel Canalizada por Jennifer Hoffman – 19/08/2013

A compaixão é uma qualidade da alma, que se manifesta na Terra, através da bondade. As qualidades da alma expressam-se como emoções na terceira dimensão, e com essa expressão surge o potencial para o uso indevido dessas energias. Quando a compaixão é expressa em uma vibração inferior, transforma-se em pena, o que não é bondade nem é benéfica: é o seu acordo com a fraqueza e a falta de poder de alguém. Conforme vocês mantêm a energia da compaixão, permitem que essa frequência expresse a si mesma nas interações que vocês mantêm com os demais, e que vocês se tornem uma luz de compaixão, expressa em seu caminho e dentro de sua frequência como bondade.

Quando utilizam a bondade em suas interações com as outras pessoas, vocês lhes dão a dádiva da aceitação, do amor e da compaixão. A bondade é mais do que serem agradáveis aos outros, é um estado de atenção espiritual, em que vocês permitem que a sua natureza espiritual brilhe e ilumine as vidas daqueles ao seu redor. Quando praticam a bondade, a sua luz brilha de modo mais intenso do que qualquer escuridão à sua volta. Ser bom com os demais, em todas as situações, permite-lhes permanecer em seu poder e escolher como vocês vão interagir com todos em seu entorno. Quando a bondade surge da compaixão, cria-se um caminho para o perdão contínuo e incondicional e a libertação do julgamento, do medo e da limitação.

Ser bom significa ser gentil com as outras pessoas, ter consideração por elas e ser-lhes útil, mas não por se sentir pesaroso ou ter pena delas. Às vezes, um ato de bondade inclui afastar-se de situações e de confrontos em que vocês normalmente se envolvem. Vocês são bons com vocês mesmos quando escolhem o que serve ao seu caminho mais elevado e à paz, ao amor e à alegria que vocês desejam ter em sua vida. Quando optam por serem bons, vocês conseguem evitar o carma com os outros, porque exercem o perdão. Atos de bondade incluem ser zeloso e atencioso com as pessoas, inclusive estar atento ao seu nível de crescimento e de compreensão espirituais e de como isso afeta as interações delas com vocês.

Quando são bondosos com os outros, vocês produzem a energia que eles precisam para se conectar quando interagem com vocês. Dessa maneira, a bondade se torna uma fronteira energética que convida e atrai a bondade para vocês. Quando são bondosos com os demais, vocês compartilham os seus dons espirituais. Eles podem aceitá-los ou não, de acordo com as suas capacidades. Quer eles reajam, quer não de uma maneira semelhante, não importa, o sua dádiva da bondade abre as portas para novos modos de interação que estejam livres de conflito e de medo.

Quando escolhem a bondade como a vibração energética que vocês vão compartilhar com os outros, vocês criam a cura para si mesmos e oferecem a eles a dádiva da cura. Também produzem essa vibração no mundo ao seu redor e para o planeta, à medida que cada uma de suas ações individuais é ampliada e manifesta no mundo. Imaginem como o mundo se pareceria se todos fossem bondosos uns com os outros. É algo que vocês podem criar para si mesmos e para o mundo, quando são bondosos uns com os outros. Mantenham essa perspectiva e saibam que cada ato de bondade é importante para o processo de cura que a Terra e a humanidade estão atualmente experimentando. Aprender a ser bondosos uns com os outros, como um meio de expressar a qualidade de compaixão da sua alma, é uma dádiva que vocês podem oferecer a si mesmos e aos demais todos os dias.

Site original: http://www.enlighteninglife.com

Tradução: Ivete Brito http://www.adavai.wordpress.com

http://aimoran.blogspot.com.br/2013/08/sejam-compassivos-pratiquem-bondade.html

Anúncios