mestra nada

Vocês têm uma família espiritual, uma família carnal, uma família escolhida que são seus amigos…

Uma família impingida, que é aquela que vocês têm que conviver, através do trabalho ou de alguma ocupação no mundo material.
Vocês nunca estão sozinhos.

E, ao mesmo tempo, em todos os momentos vocês estão sozinhos.
Porque, cada um de vocês é convidado a visitar o seu Eu Interno.

Então, não se impressionem por suas famílias.
Não fiquem tão absortos, nos problemas da sua casa.
Não fiquem tão sofridos com as questões materiais e os problemas no seu trabalho.

Não sofram, tão pouco, pelas questões espirituais, os amigos e inimigos espirituais, que rondam a sua caminhada.

E, não se importem tanto também, por aquelas pessoas que são seus amigos mas, que vez por outra, você não é capaz de ajudar ou impedir em suas quedas e lutas.

Vocês têm muitas famílias: Pessoas encarnadas, espíritos desencarnados, amigos, irmãos, colegas, parceiros…
E pessoas com as quais vocês brigam, mas, que não merecem o título de inimigos.

Vocês estão o tempo todo, em suas lutas, em seu caminhar, cercados de pessoas.
Mas, não se deixem levar completamente por esses laços.

Assumam a solidão.
Encarem o mergulho interior.
Ouçam o coração.

Aprendam ser, o melhor amigo de vocês mesmos.
Aprendam, ouvir a voz do coração.
Aprendam a ouvir, o que o seu silêncio diz a você.

E mesmo estando ao lado de pessoas queridas e amadas, em alguns momentos, exponha o que você pensa.
Mas, em muitos momentos, aprenda a guardar o silêncio.

Para uma convivência harmoniosa, em qualquer uma dessas famílias pelas quais vocês transitam todos os dias… O silêncio, a introspecção, é um grande aliado.

Ouçam o coração e falem quando necessário.
Não queiram ter a voz da razão, não queiram ter a última palavra.
E não se calem, quando a gritaria interior é muito grande.
Há um equilíbrio em tudo isso.

E conviver em família é um grande treino da Alma.
E conviver e aceitar a si mesmo, também é um grande treino da Alma.

Em cada uma dessas situações, você é testado a Ser, e a não Ser.
Em cada uma dessas situações, você é levado a se expor e a se guardar.

Aprenda a estar com as pessoas, a amá-las e não depender delas.
Aprenda a respeitar o caminho de cada uma.
Aprenda a olhar o seu momento.

Aprenda a sentir o seu balanço interno, a se equilibrar dentro de você.
E haverá muito mais felicidade na sua vida.

E aí, a solidão não pesará para ninguém, porque você perceberá que no fim todos são solitários. Todos têm um momento de encarar e viver o seu interior.

E todos têm o momento de viver e encarar, aqueles que estão a sua volta.
E façam isso, o mergulho interno e a colocação externa com o Amor.

O homem, que vence a si mesmo, se tornará um bom homem para o mundo.

O homem, que compreende a si mesmo, se tornará alguém que compreende muito melhor as pessoas e o mundo a sua volta.

A nossa mensagem, para este Natal…
A nossa mensagem, para este Fim de Ano…
É uma mensagem de profundo Amor.

Nós estamos semeando, dia após dia, a nossa energia de Cura, de Paz, de Benevolência.

Servimos ao Eu Maior, ao Eu Divino.
E servimos ao despertar de cada um de vocês.
E estamos aqui hoje, para dizer que a despeito da vitória e da derrota, nós estamos sempre ao seu lado.

E que vocês… Estão solitários na aparência, mas, quando se preenchem de Amor, estão cheios do Nosso Amor.

A serviço da Chama Crística e da Força do Eu Divino.
Eu Sou Mestra Nada e digo; que Amo Vocês.
No mais profundo do meu Ser… Eu Amo Vocês.

E aqui, ancoro a energia da Grande Mãe.
Acolhendo os aflitos e curando as dores, da falta de Amor.

Recebam o meu Amor e a minha Luz.

Amem.

MESTRA NADA
Maria Silvia Orlovas

http://saintgermanchamavioleta.blogspot.com.br/2013/12/nao-existe-alma-sozinha.html

Anúncios