Spring

Observação – “Spring Forward” é adiantar os relógios em uma hora para poupar energia, é o mesmo que nosso Horário de verão. Então traduziremos o termo, sempre que surgir como adiantar.

Esta manhã nós adiantamos os relógios como se “adiantássemos” para a nossa nova vida.

Nós não temos ideia de como será a nova vida, pois estamos vivendo no AGORA de nossa consciência pentadimensional.

Este viver no AGORA de nossa consciência 5D nos tira do sincronismo com a maior parte da realidade ao nosso redor.

Portanto, nós, os “Abridores de Portais” devemos manter nossa coragem para entrarmos de forma consistente no novo território do desconhecido.

Claro, esse território somente é desconhecido para a nossa consciência tridimensional, mas ele parece vagamente familiar.

Esta sensação de familiaridade é parecida com o faro de um Bloodhound que está seguindo o cheiro para encontrar uma criança perdida.

Esta “criança perdida”, claro, é a nossa própria inocência.

Nós tivemos que “perder” muito de nossa inocência para sobreviver à longa estada na terceira dimensão.

Quantas vidas nós tivemos na Terra 3D?

Eu imagino que essa resposta é diferente para todos nós.

Porém, eu me lembrei de minhas vidas “passadas”, que agora eu sei que todas ocorreram simultaneamente, desde que eu era pequena.

Portanto, eu sei que tive incontáveis vidas na expressão de EU 3D de Gaia.

Eu também me lembro de responder ao SOS de Gaia quando ela pediu para os seres de luz salvarem-NA durante a queda de Atlântida.

Ela quase saiu de Seu eixo devido à densidade da escuridão e medo durante aquela época.

Eu imagino que muitos de vocês que leem isto também vieram para o Resgate de Gaia.

Vocês se lembram de como primeiro fomos para Vênus a fim de aprender a reduzir nosso campo de energia multidimensional até a intensa densidade da terceira e da quarta dimensão?

Então, durante nossas muitas vidas de serviço à Gaia, nossas frequências caíram na profundeza da terceira dimensão.

Felizmente, nós tivemos vidas em que fomos capazes de lembrar nosso verdadeiro EU Multidimensional, ou pelo menos nós nos lembramos de nosso “espírito”.

Nessas vidas nós pudemos receber a tão necessária assistência das frequências superiores de realidade que infinitamente existem logo além de nossa visão 3D.

Na maioria dessas vidas nós percebemos essa orientação espiritual como separada de nós e lá no alto do Céu.

Contudo, nessas vidas nós pudemos lembrar, ou ser direcionados para nossa “missão” escolhida para aquela encarnação.

Algumas vezes pudemos realizar nossa missão, e às vezes nós nos perdemos pelo caminho ou morremos tentando realizá-la.

Claro, uma vez cruzada a linha, nós percebemos que não podíamos morrer, pois a energia de nossa consciência/espírito é infinita.

Portanto, nós somente podemos transmutar para frequências mais altas ou mais baixas de expressão.

AGORA, nós estamos chegando ao “Adiantamento” de nossas incontáveis vidas em Gaia.

O que acontecerá quando nós adiantarmos para o nosso verdadeiro EU Multidimensional?

Como os Arcturianos frequentemente me dizem: “Nós ainda não sabemos, pois ainda não o criamos”.

Eu sei que criei uma grande iniciação para mim, na qual eu tive que intimamente examinar os últimos vinte anos de minha vida.

Durante este exame eu tive que determinar o que eu queria manter e ao que eu queria renunciar.

Eu descobri que eu NÃO quero renunciar a uma única experiência, pois cada uma tinha uma mensagem importante para mim.

E sim que eram certas reações e comportamentos que se apresentaram nesta iniciação que precisavam ser renunciados.

Certos mecanismos tridimensionais de defesa não podem “preencher os requisitos” para as frequências superiores de realidade.

Eu os agradeço muitíssimo, pois eles me trouxeram até onde agora estou, mas igual às rodinhas extras na bicicleta, eles precisam ser “removidos” para obter-se a “velocidade” necessária de consciência a fim de perceber as frequências superiores da vida.

“Trabalhar arduamente”, ser um “valente trabalhador mártir”, “trabalho pesado” e “cavar meu caminho pela vida como um texugo” AGORA devem ser renunciados.

Recentemente eu assisti a um programa na PBS sobre os texugos.

Eles nunca param e constantemente se mudam para poder “sobreviver”.

Era dessa exata maneira que eu realizava tudo o que eu fazia.

Entretanto, esse era um sistema operacional ligado ao tempo e muito 3D cheio de limitações e de escolhas ou um ou outro.

Eu AINDA não sei como funcionar com meu novo “sistema operacional” que ainda está em download.

Eu sei que eu não posso fazer muito até o download estar completo.

Claro, escrever meus pensamentos e compartilhá-los com outros é a joia que sempre me acompanha.

Quando anoto meus pensamentos eu dou a eles a atenção que eles merecem.

Escrever ou desenhar meus pensamentos convida as frequências mais altas de minha consciência para participarem da minha realidade física.

Felizmente, durante a longa noite escura desde meu nascimento em 1946 até recentemente, eu fui envolvida pela presença amorosa por orientação mais alta.

Esta orientação me dirigiu e me manteve no meu Caminho.

Eu também tive muitos componentes maravilhosos na minha vida e conheci o amor imenso com meu amado Complemento Divino, filhos, netos, amigos e parentes.

Todos nós somos de UM Grupo de Alma.

Na verdade, minha vida é abençoada.

A “longa noite escura” estava nos governos e ações nefastas dos poucos, que eu normalmente sentia em minha consciência multidimensional.

Não era fácil sentir a escuridão de nosso mundo ferido, mas eu SEMPRE estava em conexão com meus guias superiores.

Ao adiantarmos para a Nova Terra, nós experimentamos um “tempo” de reflexão.

Esta reflexão é parecida com examinar todos os armários e cantos da “casa” de que estamos mudando.

Gradualmente e além do tempo 3D, estamos deixando nosso corpo físico/casa e transmutando para o nosso corpo de luz/casa.

Muitos de nós manteremos um corpo físico por quanto tempo Gaia necessitar de nosso vaso terreno para servir como um portal aberto do LAR para Sua Nova Terra multidimensional.

Dentro de nossos vasos terrenos, todos nós permanecemos como portas abertas pelas quais outros podem perceber a glória da luz multidimensional que AGORA está fluindo para nossa realidade em transmutação.

Às vezes seremos capazes de manter nossas “portas” totalmente abertas.

Porém, alguns dias nós podemos precisar nós mesmos permanecer totalmente dentro dessa porta para nos banharmos na luz para a nossa própria cura e iluminação.

A luz que AGORA entra em nossa realidade é de tamanha alta frequência que ela penetra fundo em nosso subconsciente, estrutura celular e medula óssea mais do que antes em qualquer uma de nossas inúmeras encarnações terrenas.

Conforme entramos na Era Dourada da amada Gaia, esta luz mais alta pede, estimula e nos orienta para conscientemente percebermos, conscientemente amarmos e conscientemente transmutarmos TODA escuridão/ferimento/medo que já experimentamos em QUALQUER uma de nossas encarnações.

É desta maneira que nós purificamos o Corredor de nossa forma física em preparação para as nossas transmutações pessoais e planetárias.

Sabendo ou não, TODOS nós somos membros do eu planetário de Gaia.

Nossos vasos terrenos são constituídos da mesma terra, ar, fogo, água e éter, igual a Gaia.

Tal como nós temos uma consciência pessoal que é o centro de todas as nossas inúmeras encarnações, Gaia tem uma consciência planetária que é o centro de todas as Suas inúmeras encarnações.

Semelhante às nossas muitas realidades pessoais alternativas, paralelas e simultâneas, Gaia têm muitas realidades planetárias alternativas, paralelas e simultâneas.

Algumas dessas realidades pessoais e planetárias estão entrando neste “Adiantamento para a Nova Terra”.

Outras linhas temporais de realidade já completaram esse processo e outras estão em vias de entrar em seu “inverno escuro”.

É através de nosso estado de consciência que nós nos alinhamos com a versão em ascensão de realidade.

A fim de completar esse alinhamento, nós precisamos ir fundo nos “armários” de nosso eu subconsciente para limpar aquilo que é de uma frequência mais baixa.

Felizmente, tudo que precisamos fazer para esta limpeza é amar incondicionalmente o nosso eu.

Porém, para curar nosso ferimento, primeiro nós temos que senti-lo.

Por encontrar a coragem de entrar em nosso próprio ferimento, nós encontramos a tenacidade de continuamente assistir nossa amada Gaia, que foi profundamente ferida pela humanidade.

É através da cura da terra, ar, fogo, água e éter de nosso próprio vaso terreno que nós servimos à cura desses elementos de Gaia também.

Quando nós nos voluntariamos para colocar nosso espírito multidimensional neste vaso terreno, nós também nos voluntariamos para experimentar muitas das emoções, pensamentos, experiências e ferimentos pelos quais Gaia passou.

Na verdade, muitos desses ferimentos ocorreram pela direção de nossos antepassados draconianos, pleiadianos e sirianos.

Essas civilizações povoaram a Terra muito tempo atrás, quando elas eram “crianças” e produziram danos na Terra de Gaia, igual a como produzimos durante nossa linha temporal.

É por esta razão que o nosso EU Galáctico assumiu nossa atual forma e simultaneamente nos orienta a partir das dimensões superiores.

Os Pleiadianos e os Sirianos estão iluminando suas expressões humanas para curar os danos uma vez provocados por seus ancestrais.

Felizmente a Primavera chegou após a longa noite escura de dois mil anos do Kali Yuga.

Quando olho para o meu damasqueiro, eu vejo que muitas das pequenas flores brancas deram as boas-vindas às folhas nos galhos.

Minhas roseiras podadas agora estão cheias de folhas e até há botões de futuras roas.

Minhas flores de Ísis desabrocharão antes para depois serem acompanhadas por algumas das flores que não desabrocham durante todo o nosso inverno no sul da Califórnia.

A primavera chega antes na antiga terra da Lemúria, mas rapidamente será seguida pelas outras áreas.

O Hemisfério Sul de Gaia está entrando no Outono e passando o manto de luz para as terras do norte de Gaia.

O ciclo da vida continua na Terra, mas este ciclo AGORA é multidimensional.

Conforme Gaia retornar para Seu verdadeiro EU Multidimensional, muitos de Seus humanos também retornarão.

Nós, os Abridores de Portais, estamos no limiar de nossos Corredores Arcturianos pessoais/planetários prontos para adiantar para nosso EU Multidimensional.

Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

http://blogsintese.blogspot.com.br/2014/03/mudando-hora-springing-forward.html