1510364_672077602858255_3701902614889238446_n

Parte 2: Uma filha de Dois Mundos – Cidadã do Multiuniverso

Na minha atual “encarnação” 6D como Tazjima Amarias Kumara VaCoupe, eu sou uma filha de dois mundos e duas civilizações. Minha mãe e meu pai mantêm alta classificação em ambos os mundos. Eu nasci em Vênus, planeta natal de minha mãe uma senhora mestra ascensionada. Na tenra idade de três anos de idade, comecei meus estudos sobre o planeta natal de meu pai, no Planeta Pleiadiano de Medina na ilha de MauBene (ilha continente) e vivi no complexo da família localizada na cidade de Medina. Como Tazjima, junto com meu companheiro, nós temos casas em ambos os planetas e alojamentos na nave Ventos Brancos quando estamos em serviço.

A Casa Pleiadiana

Medina é uma cidade do deserto, Medina está semelhantemente localizada como no Oriente Médio, na Terra. MauBene tem um intenso clima de deserto, com temperaturas de verão subindo para tão alto quanto 82 graus durante o dia. Nas noites e no inverno as temperaturas médias é de cerca de 26 graus. O que também pode ter bastante ventos, com tempestades de areia. Ocasionalmente, enormes e perigosas tempestades elétricas faíscam pelos céus entre as ilhas, mas isso só ocorre algumas semanas do “ano”. As ilhas Pleiadianas estão muito mais próximas umas das outras do que alguns dos planetas do nosso sistema solar (do Sol).

Apesar do clima intenso, Medina é a localização de alguns belos templos, incluindo o grande Shemont, construído e promovido pelo Senhor das Plêiades, Senhor Adrigon. Os Sirianos também construíram recentemente um belo templo em forma de pirâmide dourado, que em tamanho supera a Grande Pirâmide de Gizé, no entanto, é menor do que a enorme Shemont. O Complemento Divino do Senhor Adrigon é Shekinah que reina no Shemont.

Com um clima tão extremo, a maioria das habitações para se viver tem sido largamente construída no subsolo, com andares subterrâneos, às vezes de 3 a 4 níveis. O complexo de vida da família VaCoupe é uma pequena aldeia por assim dizer, capaz de manter confortavelmente 200 pessoas.

Em torno do andar do piso térreo, há grandes paredes projetadas para bloquear os fortes ventos provenientes do deserto. As áreas de estar ao ar livre são projetadas com belos jardins cheios de flores. Grandes pátios, assim como recantos mais tranquilos são posicionados ao longo dos jardins. Fontes de fluxo resfriam o ar seco do deserto. As paredes são feitas de pedra local e gesso intrincados no projeto, apesar de também ser extremamente funcional. As refeições são feitas em uma sala comum grande e decorada com simplicidade. Os quartos de dormir são simples e sem luxo. O mobiliário é simples. Os Pleiadianos acreditam na função, simplicidade, limpeza e beleza; e praticam isso em suas vidas diárias.

Descrições mais detalhadas das “Ilhas” Pleiadianas e Medina em si, e das pessoas Pleiadianas, podem ser encontradas nos livros clássicos escritos por Nina Jenice sobre civilização Extra Terrestre “Pois Somos Um” e “Um Pleiadiano no Tempo”. Nina Jenice encarnou como um Ser Crístico na Terra e reascendeu no final do século passado. Ela era um aspecto do Complemento Divino (ou Chama Gêmea) do Senhor Adrigon; o Chefe Comandante da Frota Estelar das Plêiades e proprietário da grande nave-mãe, a Ventos Brancos.

Vênus – O Planeta do Amor

Quando visto através de um grande telescópio a partir da Terra, Vênus 3D parece ser marrom, sua atmosfera um turbilhão tóxico de gás e tempestades elétricas. Em contraste, a Vênus 4D física é um paraíso tropical, cheio de jardins, florestas, flores, templos, fazendas e pequenas cidades. A maioria de seus habitantes funciona em 5D, mas Vênus tem sido um centro para a formação de grandes almas de Luz. É também um local de férias favorito para os cidadãos de muitas outras nações estelares. Seus grandes templos de mármore branco da Divina Mãe também atraem muitos visitantes e devotos. Nosso povo é muito espiritual e participa de serviços matutinos simples diariamente, enviando nossas vozes reunidas para o Céu através da música e da meditação.

Vênus há muito tempo ascensionou para a luz e está principalmente em uma freqüência de planeta 4D/5D. Muitos dos membros das principais famílias são também altamente evoluídos espiritualmente nas dimensões 6D e ainda dimensões mais altas. Assim é com a minha família também. Temos servido por muito tempo sob a liderança de nosso amado Sanat Kumara. Muitos de nós seguimos o Senhor Sanat Kumara para a Terra depois que ele fez a promessa altruísta a fim de trazer o Planeta Terra e seu povo de volta para a luz depois da queda da Lemúria e Atlântida.

Nos termos diretivos do Senhor Krishna, o Senhor de Siriús, Sanat Kumara iniciou o Ofício do Cristo, para que a humanidade tivesse uma ponte para atravessar, a fim de recuperar a plena consciência. Sem este “passo” imediato ou nível de conhecimento a humanidade teria sido perdida no abismo; tão grande era a diferença entre o ser humano e a Presença EU SOU.

Sanat Kumara tinha treinado durante milhares de anos a fim de se preparar para se tornar o Logos Planetário ou Senhor do Mundo de um mundo inteiro, uma vez que ele manteria dentro de seu coração todas as almas encarnadas no planeta. Sua formação final aconteceu em Vênus. Outras almas evoluídas também ocuparam vários cargos na Hierarquia Espiritual que foi criada a fim de apoiar o processo evolutivo deste único e precioso mundo.

De seu retiro etérico de Shamballa, localizado acima do deserto de Gobi, Sanat Kumara manteve a luz e equilíbrio para o mundo até recentemente, no ano 2000 desta era atual. A função agora é mantida pela Mestra Ascencionada Lady Quan Yin. Sanat Kumara nunca encarnou fisicamente no planeta Terra; esse papel seria empreendido por outros em exceder as ondas daqueles seres Crísticos, que vieram para servir a humanidade.

Assim, as grandes confrarias e irmandades de Luz com base em Vênus foram formadas com os seus membros para servir como guias de luz e orientadores do caminho durante toda a noite escura que se aproximava. Aqueles que manteriam a luz, a fim de orientar e ensinar o povo desceram em forma etérea para a superfície do Planeta, enquanto seus complementos divinos mantinham o equilíbrio em Vênus e em muitas naves da Federação Galáctica estacionadas dentro do nosso sistema solar.

Algumas grandes almas de Luz também se comprometeram com a tarefa de incorporar as energias do Cristo, enquanto viviam em um corpo físico. Por exemplo, Sananda Kumara enviou vários de seus aspectos à Terra a fim de preparar o caminho para um veículo que seria adequado para manter estas energias elevadas. Após uma série de vidas, Ele conseguiu com sucesso adequar o aspecto físico que viemos a conhecer como Yeshua bar Joshua, Jesus filho de José. Juntos, estes grandes Senhores da Luz, Sanat Kumara e Sananda, e muitos outros não tão conhecidos, têm trabalhado muito a fim de ajudar a atual fase evolutiva do planeta Terra.

Da mesma forma, muito do povo Pleiadiano, especialmente aqueles que servem dentro das fileiras a bordo das naves da Federação Galáctica, serviram durante muito tempo na evolução do planeta Terra. Por que deveria ser assim? Bem, uma elevada percentagem de DNA humano vem do genoma das Plêiades, uma vez que as Plêiades era uma das raças mãe que semearam a humanidade sobre o planeta há muito tempo. O povo da Terra, Vênus e as Plêiades estão relacionados. E não esqueçamos, a nossa magnífica família Siriana, Andrômeda, Lira, Arcturiana e outras raças estelares, que também emprestaram seus talentos e energia consideráveis ​​para o desenvolvimento da humanidade.

Esperemos que, no futuro, eu seja capaz de escrever mais sobre a vida a bordo da grande nave-mãe, a Ventos Brancos. Eu sei que ela é gigantesca e tem 40 andares. Sim, a nave é quase tão grande quanto os Estados Unidos! É preciso transporte para ir de um lado para outro. E ela funciona através de cristais, energia limpa. Há jardins, instalações para exercícios, salas de meditação, áreas de lazer e áreas para refeições, basicamente, tudo o que faz vida no espaço confortável. Nosso líder, Lorde Adrigon, acredita em manter sua equipe e visitantes felizes e ocupados.

Meu primo, Rananda Kumara, escreveu em seu blog sobre a vida em algumas naves. Ele está atualmente no processo de se harmonizar com o seu Eu Superior e se reabrir para seus sentidos na 5D. Ele expressou que atualmente sua experiência a bordo tem sido de sonho, enquanto o seu Eu Superior lhe mostra o que eles estão fazendo. Rananda não é um membro da tripulação, mas é considerado um convidado de honra e atualmente atua como um conselheiro apoiando os membros da tripulação em terra. Sim, isso significa que vocês, minha gente! O chamam quando vocês sentem que precisam de algum tipo de assistência; Ele tem uma presença muito amorosa!

Um cidadão do Multiuniverso

Enquanto eu era criada na casa de meu pai, em Medina, eu cresci com algumas crianças de Sírius que haviam por la, na antiga tradição das casas dominantes, que eram nutridas a fim de viver em outro mundo. A nossa casa sendo a residência do Senhor das Plêiades, também foi o destino de muitos visitantes em viagens diplomáticas. Além disso, eu tenho muitos primos, irmãos e irmãs que se casaram em outros sistemas estelares, então eu tenho parentes espalhados por toda a galáxia. Como Tazjima, tenho laços com muitos mundos, mundos de maravilhas e esplendor, mas cheio de pessoas não muito diferentes de nós mesmos. Em todos os mundos iluminados que visitei, encontrei uma humanidade compartilhada, com os cidadãos que trabalham duro e que são amantes da paz da Galáxia.

Meu povo, das Plêiades e de Vênus, vieram à Terra em missão de paz, para acompanhar a evolução de uma humanidade jovem. Consideramo-nos como cidadãos da Galáxia e do Universo (assim como o Multiuniverso!) E estamos desejosos de que a Terra (Gaia) também tome o seu lugar entre as nações estelares. Só agora é que a humanidade se aproximando na idade adulta onde o seu próprio povo que se submeteu ao antigo caminho espiritual da ascensão, pode assumir muitas das obrigações e as funções da Hierarquia Espiritual do Planeta.

Uma vez que eu sou nova para muito disso, existem ainda lacunas no meu atual conhecimento e consciência dos meus mundos de origem e do conhecimento do meu Eu Superior, contudo, eu vim a entender que à medida que desenvolvemos na realização espiritual, nós ganhamos em sabedoria. E uma vez que os meus sentidos 5D ficam on-line eu serei capaz de me comunicar mais com aquilo que eu experimento lá.

Sabedoria inclui o conhecimento de si mesmo em primeiro lugar. Qualquer professor sábio irá dizer-lhe que você deve primeiro aprender sobre todas as suas fraquezas, os lados escuros e claros, o seu autojulgamento, suas emoções e seus pensamentos. Por aplicar este conhecimento naquilo que você vê ao seu redor, você começa a entender que as pessoas estão interligadas. À medida que você cresce no amor de si mesmo, o seu conceito do ser (Self) cresce em conformidade. Eu ainda estou no processo de crescimento e mantenho a mente e coração abertos. E mesmo enquanto escrevo esta história, estou aprendendo coisas novas.

Existem muitas histórias sobre como Sanat Kumara veio a ser o Senhor da Terra ou Logos Planetário. Uma que eu li recentemente, “A História de Sanat Kumara: Treinando um Logos Planetário”, ditada pelo Mestre Vywamus (Eu Superior de Sanat Kumara) e canalizado por Janet McClure. Esta história oferece uma versão diferente de algumas daquelas que foram apresentadas acima.

Entenda que as nossas mentes físicas ainda não são capazes de compreender as muitas camadas e dimensões da existência. Pode haver mais de uma história e de um significado a tudo o que o rodeia. Isso pode atrapalhar a mente inferior, mas tal paradoxo é realidade nas dimensões superiores mais fluidas. Permita-se aprender e absorver mais, mantendo uma mente e coração abertos. E verifique sempre internamente se o material “ressoa” com você no seu nível de frequência atual. À medida que você sobe em freqüência, seus entendimentos irão expandir e você será capaz de acessar mais facilmente a sua própria sabedoria interior. Esta declaração também inclui a sua escriba fiel.

Minhas bênçãos vão adiante a todos os que chegam a estas “páginas”.

Namastê.

EU SOU Tazjima Amarias Kumara

A história continua com a Parte 3: Vidas Passadas

Autor: Elizabeth Ayres Escher (aka Tazjima Amarias Kumara)
Fonte: http://www.bluedragonjournal.com
Tradução: Sementes das Estrelas / Maria Dantas – mariadantas2@hotmail.com
– See more at: http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2014/07/eliza-ayres-aquele-que-tem-servido_17.html#sthash.oFhBA0ZQ.dpuf

http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2014/07/eliza-ayres-aquele-que-tem-servido_17.html