Conselho Pleiadiano por Gabriel 

Saudações a todos. Meus queridos, não vejam isso como uma crítica, vejam como mais um passo dado adiante. As energias em seu planeta estão em plena atividade. A separação entre os níveis de consciência se acelera exponencialmente, o contraste se acentua e, neste momento, vocês não devem, de forma alguma, colocar a atenção no caos, colocar, propriamente dita, a atenção em seu irmão que ainda não encontrou sua paz interior. Ele, dessa forma, através do conflito interno em que se encontra, expressa sua angústia, sua dor, através de comentários de situações desagradáveis. Quando dão atenção a isso, estão a alimentar e entrar no campo do julgamento.

Nós sabemos que todos vocês humanos, sementes estelares, sabem que é assim, mas se faz necessário, muitas vezes, a nossa aproximação como agora, para relembrá-los. Lembrar vocês do que são capazes, lembrá-los do poder da sua mente, do poder de ampliação de energias que vocês tem. Deixem que cada um encontre seu caminho, deixem que cada um se liberte através de sua própria força interior.

Limpem seus corações, para permitir maior aproximação nossa. Há muita dor em seu mundo, mas há muito mais alegria e amor, o que acontece agora, em meio à travessia do seu planeta, enquanto ele passa pelo Grande Cinturão, é que tudo está sendo exposto, de maneira a todos se reconhecerem como são, todos serão conhecidos não pela forma física que se manifesta, pois, diante desta poderosa energia, ficarão expostos e cada um será reconhecido pela sua vibração. Tudo ficará muito claro, não haverá dúvidas.

Então, apenas coloquem a atenção de vocês naquilo que lhes faz bem no que os deixa em paz. Repitam para vocês mesmos que vocês querem paz, querem harmonia, querem alegria e retirem os seus focos de tudo que não for isso.

Nós os amamos imensamente e os abençoamos. Nós somos do Conselho Superior das Plêiades.

Gabriel – Gratidão, amado Conselho.

Transcrição: Luís Fernando Rostworowski

http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2014/09/conselho-pleiadiano-afastem-se-do-campo.html

http://aimoran.blogspot.com.br/2014/10/afastem-se-do-campo-do-julgamento.html