“…Divina energia feminina, mulheres, deixem de se comparar umas com as outras, vocês não precisam disso, vocês são lindas por dentro e por fora com as suas características inatas, especialmente suas, e nenhuma outra mulher vai ser igual a você…
Divina energia masculina, vocês nunca precisam estar em competição com outros homens, afim de mostrar a sua masculinidade ou mostrar que você é melhor em algo…A sua energia é a energia sustentadora que gera um campo de proteção em volta da energia feminina para que esta faça o sagrado trabalho na Terra…”
————————————————————————–

eus queridos, boa noite!

Muitos de nós perguntamos como ajudar às pessoas. Nos perguntamos se estamos sendo suficientemente úteis nesse caminho, se estamos, verdadeiramente, fazendo aquilo que nos propomos a fazer.

Meus amigos, eu acredito que sim, estamos, quando nos mantemos em paz, em harmonia, em estado de graça; quando nos entregamos ao fluxo do Ser, como diz o Ashtar.  Saímos desse estado de fluxo de Ser, no momento em que começamos a nos comparar com os outros, analisando se o que o outro faz é ou não mais importante do que aquilo que nós fazemos. Se julgarmos o que fazemos como melhor ou pior do que aquilo que os demais à nossa volta fazem, acabamos por estar desalinhados com a Fonte.

Para fazer a nossa parte, para ajudar o outros, precisamos apenas ficar bem e não nos compararmos com ninguém em nenhuma situação.  Cada ser humano tem uma função única, atributos únicos inerentes à toda bagagem espiritual que ele carrega. Ninguém é igual a outro. Sim, nós somos iguais em Luz, porque viemos da mesma Fonte, mas eu digo em bagagem. Nenhum de nós experienciou exatamente as mesmas coisas, enfrentamos os mesmos desafios, tivemos as mesmas vidas, estivemos nos mesmos planetas. O máximo que pode ter acontecido é ter havido experiências similares entre seres, mas nunca, jamais 100% iguais, por que nós somos diferentes e sempre fazemos escolhas diferentes.

A única coisa que é igual para todos, é o amor, esse é único e está em todos os seres.

Mesmo que, aparentemente, escolhamos as mesmas coisas, elas nunca serão iguais a nível de energia, e nisso está a beleza da variedade de estados de ser, aí que está a maravilhosa sopa de Deus com infinitos ingredientes, cada um com um sabor especial, aquele sabor, nenhum igual ao outro, todos muito importantes. No entanto, se faltar um a sopa não seria tão deliciosa. Então, meus amigos, deixemos de nos comparar com os demais. Deixemos de avaliar a nossa vida pela bagagem do outro, isso nunca vai funcionar e sempre você vai se entristecer pelo fato de não estar olhando para sua própria bagagem, para o seus próprios atributos particulares. A tristeza, nesse caso, vem como uma forma da alma dizer: “Hei, psiu, olha pra cá! Eu estou aqui!”, pois é ela quem carrega todos os atributos. Esses atributos são particulares e, sendo assim, ninguém mais tem acesso, somente você. É por esse motivo que você não pode encontrar seu bem estar em outra pessoa, porque ele está em você.

Existe uma história que diz que Deus, brincando de se esconder com o homem, escondeu-se dentro do próprio homem, porque sabia que, durante muito tempo, o único lugar que ele não iria procurar seria ali, dentro dele mesmo. Não acham que já está na hora de parar com esse jogo de esconde-esconde? Chega! Vocês não precisam de mais nada além de honrar os seus próprios atributos, os seus e os do seu próximo! Assim, juntos seremos mais fortes! Nós precisamos do outro no sentido de unidade, não no sentido de que será ele que nos fará felizes ou seremos presenteados pelo atributos deles em particular, mas precisamos do outro para que possamos unir os elos. Esteja consciente disso.

Divina energia feminina, mulheres, deixem de se comparar umas com as outras, vocês não precisam disso, vocês são lindas por dentro e por fora com as suas características inatas, especialmente suas, e nenhuma outra mulher vai ser igual a você. Você já disse isso para você hoje? Já se olhou no espelho e disse para você mesma que você é única em todo o Universo e para lá dele? Não tem ninguém igual a você, absolutamente. Quantas vezes você já deve ter dito: “Eu nunca vou ser igual a ela, ela é muito melhor, muito mais bonita…” Não é verdade? Você é tão linda quanto! Tão preciosa quanto! Acredite, eu vejo você assim, eu vejo você e sua preciosidade, minha querida alma feminina!

Divina energia masculina, vocês nunca precisam estar em competição com outros homens, afim de mostrar a sua masculinidade ou mostrar que você é melhor em algo. Não precisam de competição. Não precisam de nada mais do que o seu próprio charme particular, charme da sua própria energia particular. A sua energia é a energia sustentadora que gera um campo de proteção em volta da energia feminina para que esta faça o sagrado trabalho na Terra. O trabalho de ancorar a energia da Deusa aqui. A sua função, sagrado masculino, é essa: Ser os guardiões da energia feminina em honra à Deusa Mãe. Vocês não precisam de nada além de Ser em amor, honra, e luz. Sem competições, sem machismo, sem idéia de que são superiores a algo. Nós trabalhamos melhor unidos, em equipe. A energia masculina precisa da feminina e vice-versa.

A comparação causa sofrimento, desapontamento, decepção… Vocês vêem como se sentem sempre que olham para alguém que vocês admiram e em seguida dizem… “Eu gostaria de ser assim…” Porque não mudar isso para “Hum, ele (a) é maravilhoso, tem lindos atributos”, assim você impede que o pensamento de inferioridade tome a frente e o faça se sentir infeliz.

Cada um de nós precisamos do outro de alguma maneira, precisamos de algum atributo que ele tenha e vice-versa no sentido que faça a corrente girar mais rápido. Comparativamente, o atributo do outro é parte de uma engrenagem, assim como o seu também é parte. Esta engrenagem imensa move a energia de todo o Universo. A engrenagem é a Energia e você move a energia. É você quem controla a energia. Você quem diz à energia o que ela tem que fazer. É por isso que a sopa de Deus é tão maravilhosa e com ingredientes distintos uns dos outros em nível de bagagem. A Unidade trabalha com a vontade conjunta de manter a sopa sempre quente, esse é o trabalho das suas essências em conjunto, da sua parte conectada diretamente à Fonte.

Os atributos do seu ser são todos os aprendizados que você obteve nas suas experiências ao longo das existências. São experiências adquiridas, capacidades, aptidões, qualidades específicas, etc… Isso agregado à sua essência primária o torna cada vez mais sábio. Cada criatura de Deus é gerada do amor puro da Fonte Suprema e, ao longo da sua existência, vai atraindo para si atributos infinitos da Energia.

Cada um de nós é Único, exclusividade! (Risos). Juntos mantemos a engrenagem em movimento, mantemos a sopa quente.  Se faltar um de nós com o respectivo atributo particular, deixará a sopa sem gosto e fria e a engrenagem para. Juntos é que movemos a energia do Universo, juntos é que fazemos a coisa acontecer.

O motivo de sofrermos quando nos comparamos com alguém é por esse motivo, porque deixamos de valorizar os nossos próprios atributos e, consequentemente, os do nosso próximo. Quando agimos assim, “saímos da sopa” ou desconectamo-nos da Fonte. Toda vez que nos desconectamos da Fonte, há sofrimento. Sempre. Toda causa de sofrimento é a desconexão com a Fonte.

Isso também está relacionado ao AMOR PRÓPRIO. Sempre que negamos as nossas qualidades, estamos deixando de honrar os nossos atributos, deixando de honrar o nosso potencial. Entendem isso, amigos? Não há nada de errado com você! Nunca houve! Você é uma maravilha Divina! Você é parte indispensável da Criação! Oh! Quanta prepotência, hem?! (Risos) não, não é! É verdade! Cada um é a parte mais importante da Criação! Cada um com a sua especialidade, cada um com a sua experiência particular, cada um com o seu atributo Divino único, perfeito, sem comparação! Você pode dizer “Eu sou tão chato, Gabriel, tão rabugento…” Qual o problema? Se ame e está tudo certo! Alguns temperos são necessários na Sopa!

Acredite que você é isso! Acredite! Durante muito tempo fizeram você achar o contrário, fizeram você se sentir mal, o diminuíram, o humilharem de forma que não mais voltasse a dar o seu sabor particular à sopa! E até mesmo “eles”, os nossos irmãos que ainda acreditam que não fazem parte da sopa, SÃO parte da sopa, mesmo não querendo ser parte dela! Porque eles fazem aquilo que lhes é agradável (maldades) nesse momento, fazem o que está em seu caminho. Fazem aquilo que sentem que tem que ser feito! E quem disse que uma sopinha com uma pitada de pimenta não fica também gostosa!? (Risos) Não é nossa função escolher os ingredientes, nossa função é manter a sopa quente e saborosa!

Vivam, simplesmente, amados! Como diz o querido Ashtar; SEJAM! O apenas “Ser” é mais que suficiente!

Você é lindo(a) como é! Perfeito como é e não tem nada errado com você! Você e o próximo formarão sempre um elo! Um está divinamente sempre conectado ao outro!

Paremos de nos comparar e trabalhemos em equipe!

Estejam na Fé, sempre!

Em amor,

Gabriel

http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2014/12/os-atributos-particulares-do-ser-e.html#sthash.6ifvGcqh.dpuf