A Ilusão do Amor Humano

Por Suzanne Lie PhD

Em 02 de dezembro de 2015

Publicada junto com Ponto Kundalini de Percepção

Onde estou? Acho que estou na cama. Não, estou acordada. Não, estou adormecida. Estou muito confusa. Porém, vejo tudo dourado perto de mim. De onde me lembro dessa luz dourada? Ah, sim, o círculo – o círculo atrás da porta dourada e Lady Astrea. Olá, ouço uma voz amorosa. Você vê que está começando a lembrar. Permaneça calma nesta recordação e ela aumentará. Mas agora, querida, venha, é a sua vez.

Como minha mente se aclara, eu vejo o círculo plenamente e vejo as Senhoras vindo em minha direção quando entro nele. O véu sai praticamente por si mesmo, e enquanto ele cai, eu ouço a voz familiar de Lady Leto: Querida, o véu erguido nesta noite é a ‘Ilusão do Amor Humano’.

          Ao elevar este véu, muitos sentimentos e anseios muito antigos surgirão em você. O amor humano é a razão de a humanidade desejar permanecer limitada à Terra. É a sétima iniciação e o teste mais difícil que se pode enfrentar antes da ascensão. Portanto, é importante que toda Ilusão seja retirada desse conceito para que se possa ver este teste sob luz clara. Minha querida, lembre-se de que conforme a ilusão sai, todos os dramas associados procuram por seu ato final.

          O amor humano tem sido o substituto da humanidade do amor divino por todas as eras. Ele parecia mais fácil de alcançar e mais fácil de manter. Portanto, essa ilusão é chamada de “A Grande Ilusão”. Enquanto você sente esse véu deslizar de seu rosto, minha querida, perceba agora como você o tem usado como uma máscara. Perceba como ele tem servido para separar e para proteger o seu “eu”.

          Enquanto você está imersa no amor humano, sua consciência está centrada na existência humana, necessidades e anseios. Visto que o amor humano pode excitá-la como um leão domesticado pode, você precisa constantemente estar vigilante. Essa vigilância a mantém tão ocupada em sua mente e tão desviada de seu coração que você se separa do amor divino.

Enquanto o Irmão leva o véu, Hilarion fala: O campo de energia do amor humano é meio parecido com o mineral, o mercúrio. Ele não pode ser mantido em sua mão, ele desliza, escapando sempre que possível. Ele parece subir e cair por sua própria Vontade e é muito temperamental ao calor. O amor humano também é usado como uma unidade de medição. “Você me ama tudo isso, ou tudo isso?”

          O amor humano tem sido usado como uma arma, um distintivo, e um escudo. Mas sempre o amor humano escorrega por sua própria vontade. Claro, esse fato é porque o amor humano é uma Ilusão e uma Ilusão assim que criada vive sua própria vida. Quanto mais pensamento e sentimento a alimentam, mais independência ela obtém de seu criador.

          O único modo de transcender a ilusão do amor humano é percebê-lo a partir dos olhos do divino. Dessa perspectiva, a energia pode ser vista por um coração objetivo. Entretanto, para fazer isso, vocês precisa permitir a aceitação do amor divino em sua vida. Este pode, de fato, ser um ato muito difícil, pois o amor humano é a oitava mais baixa do divino. O amor humano é como os humanos aprendem o impacto de seu poder naqueles que os cercam.

Quando o véu é passado, eu ouço Apollo: Posso ver a angústia que surge em seu campo com essa questão. Você tem sofrido muito com esse amor humano e tem causado muito sofrimento em troca. Eu a ouço gritando em seu coração: “Como posso transcender para o divino, se nem posso entender o humano?” Por que, meu amor, a resposta é que você não pode.

          Você não precisa entender o amor humano porque ele é baseado na lógica muito acima de sua meta máxima. Tudo que você precisa entender é você mesma. Quando você entender você mesma, você verá como usa o amor humano e como ele usa você. Quando você for capaz de ver isso, chame tudo que é divino em seu coração para transmutar essa energia.

          Comece a enxergar o campo de amor humano. Como ele é sentido em sua aura e em seu corpo quando ele se aproxima. Como ele permeia seu ser e a recorda do divino? Ligue-se ao aspecto de claridade para elevar a energia para a claridade total.

          Sinta toda a desilusão e eleve-se nela como degraus para encontrar a Luz. Saiba, minha querida, que a humanidade é Deus na infância. Tal como a mãe amorosamente ri do bebê quando ele tropeça ao tentar andar, Deus ri de vocês quando vocês tentam amar. Tal como a mãe tem uma confiança suprema de que a criança um dia andará e correrá, Deus tem uma confiança suprema de que vocês um dia amarão como Ele ama. Perdoe-se, querida, e então você será capaz de perdoar o mundo.

Estou aturdida e espantada. Eu entendo e eu sei. Por favor, “Eu Superior”, seja quem for e sempre é, ajude-me a lembrar disso, pelo menos dessa Ilusão. Por favor, me ajude…

Fonte: http://suzanneliephd.blogspot.com

 

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com.br

http://blogsintese.blogspot.com.br/2015/12/veu-cinco.html