Nisete – 03/02/2016

 

Todos merecem saber!

 

Essa experiência não é somente minha, mas também de muitos que estarão lendo essa mensagem, porém alguns não se lembram, por isso compartilho aqui. Existe um plano para cada um de nós, Somos Todos Um!

 

No momento em que todos se reuniam para comemorar a entrada do Ano Novo nesta nossa contagem de tempo, uma Mega Operação da Luz, ocorria no plano astral. Às 23h e 40min, uma força propulsora me compeliu a me recolher, então, me isolei de tudo e de todos, atendendo a convocação. Não haviam me revelado antecipadamente (por questões de segurança) o que iria acontecer e não sabendo exatamente para que me solicitavam, só me coloquei a disposição, me desprendendo das questões materiais, entrando em conexão espiritual.

 

Um sentimento de amor pelo Planeta me envolveu de forma inexplicável, então com os olhos da alma percebi se aproximar, envolvendo toda a minha casa, a grande nave que me levaria a participar de um grande evento da Luz. Não posso contar com todos os detalhes como isso se dá, mas foi muito interessante perceber que o espaço físico onde eu me encontrava e a minha residência, foi também desdobrada para dentro da nave, eu sabia que eu e os meus, estavam seguros. Fui com os amigos espirituais, pairamos sobre o céu da cidade do Rio de Janeiro. Nesta virada de ano, esta cidade seria a capital do Planeta por algumas horas, para o propósito que estava sendo desenvolvido. Acima da estátua do Cristo Redentor, estavam centenas de outras naves-mães e do interior destas, saíam outras centenas de naves, ali era o ponto de encontro de onde partiriam inúmeras comitivas de Seres Iluminados que tomariam os céus do Brasil e do mundo inteiro na virada para 2016.

Nosso grande Comandante era o Ashtar Sheran, auxiliado por vários outros seres de alta envergadura de vários Comandos Intergalácticos como os nossos amigos Arcturianos, Pleiadianos e demais Confederados, numa grande congregação de Seres, todos os Mestres da Grande Fraternidade Branca e também vários representantes de todas os credos e vertentes, sem distinção, cada um atuando em seus grupos, conforme suas linhas de conhecimento. Dentre eles nosso amigo Ayrton Senna do Brasil, que atua hoje como um alto comandante de frotas estelares, com a sua agilidade, destreza e inteligência operacional coordenava milhares de micro-naves formadas pela condensação de energias cósmicas elevadíssimas, com conteúdos astrais de novas codificações à serem disparadas à atmosfera do Planeta, para ao longo do tempo serem assimiladas pelo nosso campo astral a nível de DNA para novas codificações, também estavam lá, Jorge de Cristo (Mestre Lonnan, o nosso São Jorge Guerreiro), Júlio Cesar, o Imperador, Caboclo Pena Branca, Pai João de Aruanda, Povo Cigano, nossos amigos Guardiões dos Portais, que fazem parte da Polícia de Choque do Astral para os grandes eventos da Terra, pois conhecem muito bem todos os becos e reentrâncias destas paragens (os Exús Tronados da Lei Maior) e muitos outros seres que servem ao Cristo Cósmico e Planetário, eram milhares, todos com as contrapartes femininas, guerreiros e guerreiras da luz em plena ação pela libertação do Planeta. Também me deparei com muitos seres ainda encarnados em desdobramento, que também atuam no plano físico como canais levando o conhecimento, bem como demais trabalhadores de Luz, que foram recrutados à participar deste evento em razão de seus empenhos nas suas próprias evoluções, movidos pelo desejo de servir ao Planeta. E soberano envolvido em sua capa de Luz Violeta, estava o nosso Amado Mestre Saint Germain, gestor desta Era de Aquário à serviço do Cristo.

 

A virada de ano é um momento muito importante, não exatamente pelo calendário em si, mas pelo aglomerado de pessoas que congrega e pela grande usina de energias que essa aglomeração possibilita, pois são milhares de pessoas envolvidos em um mesmo propósito, o que desperta muitíssimo o interesse de seres escuros e oportunistas, em razão de mentes que ainda vibram em frequências não salutares, mas por outro lado, também desperta o interesse dos seres da Luz, que se aproximam para a nossa proteção e também desejam aproveitar o que de positivo possa se gerar em eventos como esse, os quais imperaram soberanos.

 

A Espiritualidade Maior que rege o processo de evolução do nosso planeta, sempre procura extrair o máximo que seja possível as emanações positivas da junção em massa, para potencializá-las com suas altas tecnologias e devolver ao Planeta em frequências elevadas, o que em um evento como o da virada, dá também bastante trabalho, necessitando que toda uma estratégia de ação seja montada, pois em meio aos pedidos positivos, também há atos causados pelos desequilíbrios, então, os Guardiões, se colocam bem pertinho do povo, misturados mesmos, para “peneirar” as frequências geradas pelo uso do álcool e outras substâncias, a fim de diminuir os danos que podem provocar. Também foi emocionante observar os Magos Pretos-Velhos largando as fumaças astrais de seus cachimbos para neutralizar ao máximo as emanações tóxicas provindas tantos das constituições internas e atos externos de muitos entre o grande público, em meio empolgação onde as pessoas se entregam a emoção do momento, deixando seus campos vibratórios abertos.

 

Mas as emanações positivas, como o sentimento de solidariedade, compaixão e as projeções de uma perspectiva melhor para o próximo ano, são maiores nesta época, pois tudo isso, já começa desde o início do mês de dezembro, o que ressoa no plano astral como um querer, um pedido, uma autorização para que a Espiritualidade Maior possa atuar diretamente a nosso favor, o que possibilitou a estruturação desta Grande Operação.

 

Uma coisa que me chamou atenção é a forma como revertem o lado negativo da explosão de fogos em positivo, pois plasmam os estrondos como sendo explosões que rasgam o espaço e que são entendidas pelos contrários a luz como tiros de combate os quais com medo, aqueles que são jogados na frente como marionetes das Organizações Trevosas, se afugentam deixando de realizar os planos nefastos programados para aquele momento e até mesmos programados para ocasiões posteriores, fazendo ruir suas estratagemas. Os clarões usam para cegar a ação daqueles que vivem nos confins da escuridão, sem enxergar a luz do Sol há milénios, os quais sentem-se desnorteados e sem ação perante o clarão que se abre diante de seus olhos já em decomposição pela ação telúrica em seus corpos astrais pela recalcitrância no mal. Outra coisa muito interessante, é que também usam os fogos à moda “ponto de pólvora” ou “ponto de fogo” como alguns conhecem, que destroem miasmas, larvas astrais e formas pensamentos condensadas na atmosfera, lançadas pelos baixos padrões de pensamentos do homem.

 

Infelizmente na densidade em que estamos no Brasil e no Planeta, muitas vezes a espiritualidade precisa lançar mão de estratégias físicas a fim de desmantelar energias que estão no astral colocadas por nós mesmos uma vez que semelhante ajuda a curar semelhante e por todo o lado negro que usa de artefatos muito fisicalisados. É uma forma rápida de limpar o astral e possibilitar a criação de uma nova frequência. É um ritual ainda necessário, usado em uma data em que as pessoas estão mais abertas a acessar uma outra vibração. Cabe a todos nós, mesmo aos que achem que não precisa, compreender que ainda é necessário. É uma oportunidade para uma renovação da energia do Planeta das nossas próprias emanações perniciosas, neste momento em que todos estão unidos e vibrando em esperança, sonhos, querendo paz e amor.

 

Haverá um dia em que não precisaremos mais de artifícios físicos, pois estaremos mais sutis, mas esta ainda não é a realidade da Terra e da nossa consciência coletiva!

 

Ver os fogos de artifício desta forma “alternativa” é um ótimo exercício para nosso mental abstrato, onde percebemos que não existe bem e mal, tudo é relativo.

 

Isso não quer dizer que a espiritualidade seja a favor ou incentive as explosões de fogos, apenas aproveitam para usar o que possa ser produtivo, extraído deste ato até que o homem evolua completamente, pois sabemos que também podem causar muitos danos e prejudicam os animais, que ficam transtornados com os estrondos. Mas para terem uma ideia, diante de tudo isso que relatei, os “capangas” das trevas também ficam com essa estratégia, mais ou menos como os nossos pobres cães, desorientados sem saber para onde se correr, então, muitas dessas criaturas são apreendias pelos Guardiões e encaminhados, uns se rendem literalmente entregues ao medo e outros ainda tentam ludibriar, fingindo não saber o que está acontecendo. Temos que confiar que a espiritualidade está no controle, agindo também em favor de todos os animais que chegam a desencarnar de situações como esta, as equipes de Monges Franciscanos que cuidam dos animais, estão mais do que nunca apostos junto a Grande Operação. Muito do que acontece a nossa volta, ainda não temos condições de entender em razão do amor passional que nutrimos por aqueles que guardamos. Mas a estruturação espiritual do reino animal é de uma magnitude difícil mesmo para nós humanos entendermos, muitos animais doam a própria vida pelo nosso bem estar e para eles isso não é um sacrifício, e sim, somente um ato de amor, pois já desenvolveram um sentimento altruísta e o amor incondicional que ainda procuramos desenvolver em nós, por isso se sentem felizes se a sua partida ou mesmo com alguma sequela que venham a ter, desde que possam ter contribuído de alguma forma para o nosso melhoramento e assim, mesmo sem interesse, acabam dando um salto no processo de evolução nos reino em que estagiam, à seus espíritos é acrescentado um quantum a mais de luz. A Força do Amor que tudo rege é magnânima, um dia ainda entenderemos e fazermos parte de uma forma plena de tudo isso.

 

Haverá um momento em que a consciência humana não precisará entulhar o mar com presentinhos para agradar a nossa amada Iemanjá, também não lançará mais fogos de artifícios para comemorar qualquer coisa, pois o céu, a terra e as águas, serão iluminados pelas luzes de seus próprios corações. Mas até lá, a espiritualidade procura reverter e diminuir da forma que pode alguns atos enganosos de uma consciência ainda um pouco restrita, mas movida por uma intenção pelo menos em alguma parte, positiva. Então nestas ocasiões, comecemos por nós a lançarmos um novo padrão de pensamento à atmosfera, ao invés de rechaçar e julgar nossos irmãos passemos a visualizar um foco de luz se expandindo do nosso coração e iluminando os céus e os corações dos homens.

O que acontece a todo o momento no plano espiritual, nas mais variadas ocasiões do nosso cotidiano, como forma de minimizar a ação do homem, vai além do que nossa mente consegue conceber e nossos amigos espirituais só não realizam ainda mais, porque respeitam o nosso livre arbítrio. Imaginem então o que poderão fazer por nós, na medida que permitirmos que a nossa consciência passe a vibrar constantemente à níveis ainda mais elevados. Como somos amados!

Uhuuu!

 

“Pela Cura do Planeta Terra Urgente”! Feliz 2016.

 

Todos merecem saber, o conhecimento liberta e expande consciências, se sentir em seu coração compartilhe! Adonai

 

http://alquimiadaalma.com.br/os-bastidores-da-virada-de-ano-no-plano-astral-o-que-acontecia-nos-ceus-do-brasil-instantes-antes-da-entrada-de-2016

http://comando-ashtar.blogspot.com.br/2016/02/os-bastidores-da-virada-de-ano-no-plano.html