Siriano do Comando Asthar Canalizada por Luciana Attorresi – 14/03/2016

 

Essa semana eu tive uma conversa interessante com um Ser Siriano que é integrante do Comando Asthar.

 

Ele veio me trazer algumas questões de caráter pessoal, mas no meio de tudo o que ele me disse, eu percebi que tinha coisas muito uteis para compartilhar com vocês.

 

A grande maioria das pessoas que estão despertando ou que já estão despertas são sementes das estrelas, isso quer dizer que somos de outros planetas, de dimensões mais elevadas e que estamos aqui para ajudar a humanidade e Gaia a retornar para a 5ª dimensão.

 

Nós somos velhas almas, que tivemos a coragem de embarcar em uma aventura sem igual, rumo ao desconhecido planeta Terra. Digo desconhecido, porque uma coisa é você saber o que é, outra é sentir o que é. E nenhum de nós já tínhamos vivido na 3ª dimensão neste planeta.

 

Antes de encarnarmos, fizemos muitos treinamentos, simulações quase que reais, e em cima disso, nós fizemos os nossos planos de alma.

 

Uma coisa muito legal que ele me disse, foi que momentos antes de encarnar, dentro das naves mãe, foi feito um teste real, uma fragmentação da nossa consciência, onde tudo aquilo que não estaria na frequência da 3ª dimensão seria retirado.

 

Ele disse que eu fiquei espantada com o tamanho do vazio que senti e da profunda desconexão com o Todo.

 

Mas tudo isso não abalou a vontade de nenhum de nós em experienciar tudo isso.

 

No momento da encarnação, nos foi feita efetivamente a fragmentação da nossa consciência, assim como disse antes, sendo que “todo o excesso” que não poderia vir conosco, foi colocado em uma especie de memória externa – é por isso que os Seres de Luz dizem que nós não temos que aprender, e sim lembrar de quem somos – e essa memória, foi deixada com o nosso Eu multidimensional.

 

Para quem não sabe, essa mesma versão nossa, existe na 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª dimensão. O nosso Eu multidimensional guardou essa memória e sempre que nos elevamos, ele disponibiliza os “arquivos para serem baixados” que são compatíveis com a frequência que alcançamos.

 

Perguntei a ele se tinha como acelerar isso… ( quem é que não quer ter uma versão mais rápida e eficiente de si mesmo, :-))

A resposta dele foi: desapegar!!!

 

Disse Ele: “Quanto mais você acreditar que tudo passa, que nada é real ou definitivo, tudo estará entregue ao fluxo e tudo será mais fácil e alegre para você.”

 

Conclusão, quanto mais desapegamos, mais nos elevamos, mais da nossa consciência é disponibilizado e mais fácil e alegre fica a nossa jornada 🙂

 

Espero de verdade que isso faça sentido para vocês, porque pra mim ressoou demais.

 

Gratidão imensa,

Namaste

 

http://trabalhadoresdaluz.altervista.org

http://aimoran.blogspot.com.br/2016/03/a-fragmentacao-da-nossa-consciencia-no.html

Anúncios